Arquivo para maio \24\America/Sao_Paulo 2010

Rato de Galeria…

Pouco tempo depois do primeiro contato com The Stooges eu comecei a procurar por coisas novas e assim eu conheci o Ska e alguns de seus representantes.

Lembro que uma vez, conversando que um amigo que curtia metal, comentei sobre Ska e ai ele começou a falar de bandas como The Specials, Skatalites e falou: “Então você deve conhecer, Skamoondongos, não?”
Olhei para ele com uma cara meio de que não querendo dar o braço a torcer, pois ainda não conhecia, ele disse que eu deveria dar uma ouvida…
Leia mais

Uma inspiração… Nine inch nails

É isso ai, vamos falar de inspiração… Como disse nosso amigo Wander, somos todos designers e acho que posso dizer por todos que  a música é uma das fontes de inspiração que mais ajuda. Uma boa música sempre te leva onde vc quer ir. Pois bem, essa é uma das bandas q está me inspirando muito ultimamente.

Não sei se isso acontece com vocês, mas sempre acontece comigo o fato de redescobrir bandas. Conheço o NIN faz uns 5 anos, mas nunca tinha parado pra baixar um Cd ou algo parecido, apenas ouvia as músicas que eu já conhecia ou algumas que eram mais populares. Até que em um dia totalmente em branco, quando vc num é capaz de fazer nem uma droga de macote como o da Dolly, decidi revirar meu arquivo de músicas e achei a All The Love In The Wolrd, um som totalmente indústrial com vários elementos e um vocal quase que sussurrado. Parei pra escultar todos os detalhes, pq esse é o tipo de som em q vc para pra descobrir cada detalhe q forma a música como um todo, e foi ai que viajei muito por vários lugares q ainda não tinha ido (tudo isso licitamente ok… rsrsrsrs).
Leia mais

Música de Infância

Quem aqui nunca jogou um Tony Hawk ??  Lembro que minha primeira expêriencia com o jogo foi em um Nintendo 64, haha, mas vou falar de uma banda que estava na trilha sonora do TH2.
Os donos da música que me fazia pirar no video-game, são os  suecos do Millenecolin, banda dos anos 90, que até o disco que ouvi deles,  tinham uma pegada punk e ska, entrando para o estilo hardcore melódico. Recomendo  o disco Pennybridge Pioneers, que conta com a música que me fazia dar varios flips no Tony Hawk.


Leia mais

Siga-nos!

É nós, Queiroz!

Agora com conta no Twitter! Follow us: @breaktheamps!

Sonoramente autentico não é suficiente…

Seja autentico por inteiro.

Hey, vou me apresentar sou a mais nova colunista do the break amps, meu nome é Bianca e sou a menininha daqui (:, as quartas são minhas por livre espontânea pressão!
Photobucket
A banda que quero que conheçam é o The sounds (Site aqui), eles são uma banda sueca composta por 4 caras (Felix Rodriguez, Johan Bengtsson, Jesper Anderberg, Fredrik Nilsson) e a vocalista Maja Ivarsson que além de linda tem uma performance impressionante. É um pouco difícil de rotulá-los mas grande parte das pessoas os tratam como New wave, porem na minha opinião é rockzinho dançante incrível!
Photobucket
O som deles é cativante, impossível não se animar a batida deles, os hits “Living in America” e “Seven Days a week” são os mais conhecidos deles, e estão presentes no cd Living In America, que vamos combinar a capa é bem criativa. O ultimo cd deles o Crossing The Rubicon é menos agitado, mas o mesmo estilo dançante de sempre, modestamente a melhor musica desse CD é Midnight Sun, porque mescla o estilo the sounds com algo mais lúdico, é realmente uma musica para quem está feliz da vida. (L)
Photobucket
O estilo deles é bem europeu, com aquele sotaque britânico impecável, a Maja é a cereja do bolo, além de seu vocal expressivo ela já se veste como uma verdadeira rockstar, e assim dando a banda um estilo visual meio punk de vitrine, algo moderno.

Macaco Bong

Aí vocês falam…

“Mas pô gente, vocês não postam nada de música nacional aí?”
A resposta é Sim! Nós postamos sobre coisas nacionais!

E pra já começar vou mandar logo uma banda lá de Cuiabá (MT), chamada Macaco Bong. Trata-se de um trio que faz uma mistura muito interessante, das mais variadas influências que vão desde o jazz, mpb, pop, etc e é claro rock. O grande detalhe é que todas as suas músicas são instrumentais, logo (pelo menos pra mim) a porrada é muito mais forte.

Atualmente formada por Bruno Kayapy (guitarra), Ynaiã Benthroldo (batera) e Ney Hugo (baixo). Se tornaram destaque do Festival Fora do Eixo que percorre vários estados desse nosso “Brasilzão”(sic).

Meu primeiro contato com a banda foi em uma balada que rolou na USP, e eu achei muito interessante pois o som era muito legal, e o baterista usava uma camiseta do Acre! Depois disso fui pesquisar um pouco mais sobre a banda e descobri que fazem parte do projeto Trama Virtual, em que as bandas divulgam através do site, seu material de trabalho.

Pra conferir é só clicar no link: http://albumvirtual.trama.uol.com.br/servlet/SiteController?action=103&albumId=1128131175

Nesse link você pode escutar as músicas do cd Artista Igual a Pedreiro ou se quiser, baixar o cd completamente de graça, com encarte, arte do cd e é claro as músicas.

E agora pra mostrar um pouco do que é o som dos caras Macaco Bong – Noise James.

Olha lá… vale a pena!

E agora eu quero ser o seu cachorro!

Saudações, me chamo Gutem, na verdade Guteemberg, mas prefiro ser chamado de Gutem, nos próximos minutos serei seu anfitrião e guia por um dos becos escuros desse mundo Rock.

Quando era menor lembro de ser muito radical, sempre ouvi Punk Rock/Hardcore, então eu achava que toda banda tinha que ser enérgica, músicas rápidas, em média 2 minutos, se tivessem moicanos ou cabelos espetados e coloridos então, melhor ainda! Isso no ano de 2000, mais ou menos.

Um dos responsaveis pela mudança dessa minha opinião foram The Stooges!

Leia Mais