Arquivo para junho \15\UTC 2010

Grunge is Dead… (Parte 2)

A banda da vez agora é o Soundgarden!


O Soundgarden se originou em Seattle em meados de 1984, sendo uma das mais antigas da vertente Grunge a surgir, tornando-se uma das mais influentes do estilo. Assim como o Alice in Chains, o Soundgarden possuía um som mais pesado em comparação às outras bandas de Seattle.
Apesar de ser antiga, a banda alcançou maior visibilidade à partir de 1990 com a popularização do Grunge, atingindo o público em 1994 com o disco Superunknow, que estreou em primeiro na parada da Billboard, disco que contava com o clássico “Black Hole Sun“.
Leia mais

Anúncios

Deus salve a Rainha!

Lembro quando era pequeno e vi na TV uns sujeitos de cabelo arrepiados, calças rasgadas e voz desafinada, mas cantando no tempo, repetia um refrão dizendo que todos nós eramos uns “Sem futuros”. Aquele riff ecoando pelo meu canal auditivo e atingindo o meu cérebro com energia e vigor. Fiquei hipnotizado com o show. Não entendia o que eles falavam nem a importância deles. Só iria descobrir isso uns 7 anos depois.

O ano era 1993. Eu tinha 7 anos.

Como disse no ultimo post, Malcom McLaren foi um dos maiores responsáveis pela propagação do punk-rock no Reino Unido. Ele tinha uma loja chamada “Let It Rock”, uma loja de roupas para a nova geração de teddy boys – filhotes das gangues originais, surgidas nos idos de 53. Desde então, McLaren tornou-se uma celebridade entre músicos e modernos londrinos.

Em 1973, os integrantes da banda protopunk “New York Dolls” entram na “Let It Rock”. O visual da banda (uma mistura de glitter e sadomasoquismo) conquista McLaren e ele vira seu empresário. Em Nova Iorque, percebe o quanto os New York Dolls estavam ultrapassados e pula fora. Leva a semente do Punk para a terra da Rainha.

Leia mais

Aumente seu volume #3

Aqui vai a Playlist do fim de semana… um pouco atrasada, mas tá indo pro ar!!! E ela é especial do dia dos Namorados… que também já passou! Mas aí está! Divirtam-se

Arctic Monkeys – Cornerstone
Bidê ou Balde – Melissa
Bon Jovi – In These Arms
Incubus – Here in My Room
Kiss – Forever
Led Zeppelin – Since I’ve Been Loving You
Matanza – Taberneira Traga o Gim
Paralamas do Sucesso – Trac Trac
Seether and Amy Lee – Broken
She and Him – In the Sun
The Killers – Mr. Brightside
The Strokes – You Only Live Once

Clique aqui para baixar!

@breaktheamps

Uma trilha sonora… The nightmare revisited

Bem vindos outra vez…

Cara, como os dias estão passando rápido…  Estamos aqui denovo nessa sexta-feira fria e cinza de São Paulo, ótimo dia pra ver aquele filme em baixo de vários cobertores.  Então, recomendo uma animação músical do mestre Tim Burton. O estranho mundo de Jack (the nightmare before christmas). O filme lançado em 1993 relata a história de Jack Skellington e Sally, que são um casal. Sally ama muito Jack, mas Jack é o rei da cidade do Halloween, uma cidade onde todos os moradores têm a função de assustar os humanos durante a festa do dia das bruxas. Apesar do sucesso profissional, ele se lamenta com sua rotina e sente falta de algo mais. Um dia ele entra numa floresta onde todas as árvores são portas para reinos que servem a alguma festividade dos humanos, e acaba encontrando o reino do Natal. Leia mais

O punk quer rir da musica

Hey, mudei o post em cima da hora, mas semana que vem tem algo surpreendente!

Hoje vou falar do ultimo cd lançado da serie Punk goes … no caso Punk goes Pop2!

Esse cd se não é engraçado ele é um tanto inusitado! a Proposta é pegar bandas do cenario punk rock e fazer covers de artistas que ninguem imaginaria aquela banda tocando.
Cada banda escolhe como vai gravar sua versão, o que faz ficar mais engraçado, pois vc pode ouvir uma Britney Spears gritado ou um Justin Timberlake nos vocais do Shawn, ou um disturbia com os menininhos do The Cab arrasando, esse é realmente um cd que merece ser tocado em uma festa! Escute vale a pena!

O set de musicas desse album é o seguinte:

1. What Goes Around… – Alesana (Justin Timberlake cover)
2. Apologize – Silverstein (One Republic cover)
3. …Baby One More Time – August Burns Red (Britney Spears cover)
4. When I Grow Up – Mayday Parade (The Pussycat Dolls cover)
5. Over My Head – A Day To Remember (The Fray cover)
6. Smooth – Escape The Fate (Santana cover)
7. Ice Box – There For Tomorrow (Omarion cover)
8. Flagpole Sitta – Chiodos (Harvey Danger cover)
9. Beautiful Girls – Bayside (Sean Kingston cover)
10. See You Again – Breathe Carolina (Miley Cyrus cover)
11. Disturbia – The Cab (Rihanna cover)
12. Toxic – A Static Lullaby (Britney Spears cover)
13. Love Song – Four Year Strong (Sara Bareilles cover)
14. I Kissed A Girl – Attack Attack! (Katy Perry cover)

Grunge is Dead… (Parte 1)

Bom, pra muita gente essa afirmação acima é verdadeira.

Mas não é exatamente o que pensam algumas bandas, que se destacaram na cena musical de Seattle no final dos anos 80 e começo dos anos 90.

Bandas como Alice in Chains, Soundgarden e Stone Temple Pilots estão lançando material depois de 20 anos que o grunge explodiu, com suas camisas de flanelas, tênis all-star, camisetas decadentes e cabelos desgrenhados, foram responsáveis por um dos movimentos mais influentes do rock mundial.

A história do Grunge é grande e muitas bandas se destacaram na época, as principais sendo Mudhoney, L7, Screaming Trees, Pearl Jam, Soundgarden, Alice in Chains, Stone Temple Pilots e a mais notável de todas, escolhida como representante mais fiel do que foi o grunge, Nirvana.

Mas o assunto principal é a volta de grandes bandas como o Alice in Chains, que teve um hiato de 3 anos após a morte de seu vocalista Layne Staley, que foi encontrado morto após uma overdose de heroína combinada com cocaína conhecida como Speedball. Laney foi encontrado já em estado de decomposição em seu apartamento. Layne estava em depressão com a morte recente de sua namorada Demri Parrot, vítima de endocardite bacteriana, doença causada pelo uso de drogas.

Leia mais

A Ultima Valsa Punk

End of the Century

End of the Century

Saudações galera esperta que acompanha nossos devaneios.

Como falei do livro “Coração Envenenado: Minha Vida com os Ramones” essa semana dou uma dica que pode ser encarada como um complemento/acompanhamento do livro.

“End of Century: The Story of Ramones” é o que o titulo diz: um documentário sobre os Ramones uma das bandas, senão “a banda”, mais influente dos últimos 50 anos, agradando a um publico diverso, desde punk rockers, hardcores, head bangers, indies até, eu já vi, ninguem me falou, pessoal do pop e do forró!!!

Tudo começou quando três desajustados sociais de Forest Hills, subúrbio de Nova York, juntam-se para seguir o caminho oposto de tudo aquilo que acontecia na época.

O ano é 1974.

Leia mais